Advertisement  
Thursday, 24 July 2014
 
inicio arrow Afrodisiacos arrow Perdendo virgindade do cuzinho com padrasto
   
 
inicio
Salas
Regras das salas
Fale conosco
Piadas
Contos
Afrodisiacos
Pensamentos
Poesias
orkut
Forum
Denuncie
Rendimentos
Sobre nos
Cadastre-se
Flash
 
   
header.gif
 
Perdendo virgindade do cuzinho com padrasto PDF Print E-mail
Olá, estou eu aqui novamente, depois de muito tempo né, e põe tempo nisso, (rssss)... pra contar pra vocês como meu padrasto gostoso comeu deliciosamente meu rabinho. Bom depois da primeira noite que contei pra vocês, nossa muita coisa rolou e devagar vou atualizando aqui.... Mas hoje vamos direto a esse assunto pra quem não se lembra, me chamo Giulia, e tenho hoje 16 anos, tenho um rosto bonito, minha boca é bem vermelhinha e meus olhos são muito azuis da cor do céu, meus cabelos são louros naturais, tenho 1,71m de altura (cresci um cm já nesse ano... hehe), corpo perfeito e bem delineado com seios médios e durinhos, cintura fina e uma bunda linda, bem redondinha, grande e empinada e coxas grossas, xaninha raspadinha como adoro!!! Chamo bastante atenção dos homens... Meu padrasto o Henrique tem 34 anos, 1,86m de altura corpo malhado, coxas grossas, pele branquinha, barba bem serrada, cabelos castanhos escuros levemente ondulados e brilhantes, olhos castanhos mais claros, boca carnuda e vermelhinha e uma bunda de tirar o fôlego e pra completar!!! Socorro minha perdição....>>> um pau de 20 x 6 cm um tesão... Bom isso aconteceu um bom tempo depois de tudo começado e ainda num contei aqui mas, eu faço dança do ventre e nesse dia eram umas 3 da tarde eu estava em casa sozinha experimentando minha mais nova roupa da minha próxima apresentação que por sinal é linda, toda vermelha com dourado...maravilhosa! E me deu vontade de ensaiar pois, adoro dançar!!! Eu estava no meu quarto, onde tem um espelho enorme em um canto, onde gosto de ensaiar e olhar pra ir corrigindo as imperfeições dos passos. Coloquei a música e comecei a dançar distraída já que eu estava mesmo sozinha em casa. Depois de uns 20 minutos eu acho, eu levo o maior susto quando escuto da porta a seguinte frase: Você está linda dançando mas, nunca dançou assim pra mim... Nossa virei pra trás num pulo e me desconcentrei toda e olhei pro Henrique.... Vixeeee como ele estava lindoooooooooo... Sem camisa e com a calça jeans e o cinto desabotoados aparecendo em cima só o elástico e uma pontinha daquela cueca boxer preta era a perdição em pessoa... Olhei tudo aquilo encostado na minha porta e fiquei louca já toda molhadinha e com o coração disparado e respondi: Por isso não danço agora... Puxei ele peguei um travesseiro e coloquei no chão pedindo pra ele sentar nele... troquei a musica e coloquei uma que eu sabia ser mais sensual... E de longe comecei a dançar e fui me aproximando dele aos poucos até chegar bem pertinho. Eu estava dançando com o véu e fazia movimentos com ele bastante sensuais até que a dança foi se misturando a outros movimentos.... Bastante sensuais mas, que nada tinham a ver com a dança... Eu chegava perto dele e começava a fazer movimentos com a cintura próprios da dança e depois a descer meu corpo proximo ao seu rosto minha xaninha quase encostando em sua boca o balançar das moedas tremendo quando eu rebolava dava um ar mais sensual ainda e então eu subia de novo. Depois de um tempinho fazendo isso eu virei de costas e comecei a mexer novamente a cintura e colocar minha bundinha na cara dele. Rebolando só com a minúscula tanguinha da roupa quase que colada em seu rosto... Nossa nessa hora ele num resistiu, eu rebolando na sua cara e levou as duas mãos na minha bunda, me puxando levemente e eu empinei mais a bunda e rebolei mais ainda. Ele me puxou e começou a lamber e sugar minha bundinha com a boca segurando ela com as duas mãos.... Começou então a abrir minha bundinha e a lamber no meio dela aiiiiiiiiii comecei a gemer como aquilo era gostoso hummmm...... Nossa me dava cada vez mais vontade de rebolar na boca dele e ele foi aprofundando mais aquela língua deliciosa e enfiando ela pelo meu reguinho até alcançar meu rabinho e começou a passar a língua nele.... Fiquei descontrolada de tesão minha bucetinha escorria muitooooooo e eu só conseguia gemer muittooooo uii, aii, aiiiiiii Henrique, isso ta deliciosoooooo num para não vaiiiiii, quero maisssssss, aiiiiiiiiii, ele falava hummm tesuda, ta gostando de levar linguada no rabinho é minha potranquinha, então pede mais pede. Eu pedia simmmm. Ai me dá mais, lambe mais meu rabinho que ta gostosoooooo seu safado, e ele então nessa hora foi me puxando e se livrando da tanguinha da minha roupa, e me colocou de quatro na frente dele e pediu arreganha essa bundinha pra mim e pede mais então minha safadinha... E eu mais que na hora, areganhei bem pra ele ficar olhando como meu rabinho tava piscando pra ele, e comecei a rebolar a bundinha e a pedir, aiiii, meu gostoso, vem me dar mais essa lingüinha tesuda, vem que já to doidinha por mais; e ele então veio e caiu de boca dando mordidinhas na minha bunda, e depois lambendo de novo meu rabinho... Aiiiiiiii, quase chorei de tesão quando senti aquela língua quente e molhada tentando invadir meu cuzinho... Nossa, achei que eu fosse desmaiar, rodou tudo, meu coração parecia que ia explodir e sair pela minha boca... uiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii assim eu não agüento, aiiii, que língua gostosa num paraaaaa.... e ele ainda enfiava um dedinho na minha xaninha e ficava brincando com minha bucetinha de todos os jeitos; e eu num parava de pedir mais! Henrique aii que tesãooo, quero maissss num para não seu safado uiiiiii, e ele então veio enfiando um dedinho no meu rabinho devagar, e meu cuzinho parecia que sugava o dedo dele que loucuraaaaa.... Aiiiiii ta bom demais meu padrasto gostosoooooooo, e ele começou a enfiar o dedinho e a tirar do meu cuzinho; e quando ele via que eu tava quase gozando só com o dedinho dele, ele parava mesmo eu implorando pra não parar....... E logo veio o segundo dedinho, esse já entrou mais fácil e eu quase delirando de tesão pedia, issooooo mete, mete esses dedinhos no meu rabinho que isso é delicioso.... E ele metia e agora apertava meus peitinhos com a outra mão revesando entre eles... O Henrique então me levantou um pouco e coladinho em mim começou a lamber minha orelha e apertando meu peitinho na mão sussurrou no meu ouvido, eu quero é enfiar meu pau nesse cuzinho minha gostosa... Eu que já não agüentava mais de tesão falei: uiii então vem enfia, enfia agora, enfia bem gostoso, mete essa rola no meu rabo vaiii. Ele que já tava com o pau muito duro de me ver delirando de vontade e pedindo por ele veio colocando na portinha e esfregando aquela rola enorme na entradinha do meu rabinho; e eu que já tava louca ao sentir aquela cabeça enorme, quente e melada esfregando em mim, fui empurrando a bundinha pra trás ate que a cabecinha entrou numa mistura de dor e tesão, nessa altura mais tesão que dor... Depois que a cabecinha entrou um pouco eu parei e ele respeitou e começou a acariciar meu grelinho e a apertar mais meus peitinhos bem gostoso isso foi me dando mais vontade e eu pedia aiii, enfia logo esse cacete que to doida pra sentir ele todinho no meu rabinho. E ele colocava aquela cabeça enorme na portinha do meu cuzinho e tirava, voltando a esfrega-la novamente na portinha do meu rabinho e perguntava o que minha entiadinha safada quer? E eu respondi, aiiiiiii quero esse seu caralho enorme e grosso atolado no meu rabo meu padrasto vadio. Então ele prontamente me atendeu, e foi enfiando devagar quando senti já tava tudo atolado em mim... Que sensação deliciosa ver aquela rola imensa atoladinha no meu cuzinho!!! Vai meu tesão, bomba esse pauzão gostoso no meu cuzinho que to louca pra gozar nessa pica pelo rabo... Ele começou um vai e vem devagar então e dizia é assim que você quer é minha potranquinha ou ainda quer mais. Aii como tava gostoso eu falava quero maissss, quero tudo, mete tudo em mimmmmmmmmm. Meu padrasto começou então a bombar e bombar cada vez mais forte no meu rabo e eu gritando e gemendo de tanto tesão, uiiiii, seu vadio que caralho gostoso você tem. Mete mais vadio aiiiiiiiiiii. E ele dizia: Você pediu rola no rabo, ta ai, agora agüenta tudo e geme mais, geme. E eu não agüentava isso me enlouquecia de tesão e eu gemia e xingava uiiiiiiii vadio do pau tesudoooooo. E ele continuava metendo cada vez mais forte e rápido eu sentindo suas bolas baterem na minha bucetinha e ele falava isso geme assim e honra aputinha que você é! Geme no meu pau minha putinha gostosa, goza nele goza.... Nossa fui sentindo um calor dentro de mim enorme, um tesão indescritível, um sensação maravilhosa, comecei a gemer e a rebolar de tanto prazer uuuuuuuuuuuuiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii caralhoooooo como é bom dar o cúuuuuuuu. Meu rabinho estava incendiado de tesão e minha bucetinha escorria de tanto prazer. Meu padrasto então me segurou pela cintura me puxando mais pra ele e empurrou aquele caralho todo para dentro de mim, minhas pernas estremeceram, não consegui rebolar nessa hora, abaixei-me ainda mais para sentir todo aquele pau atolado no meu rabo, eu estava toda empinada para aquele caralho. Empinada para meu macho fuder bem gostoso meu rabo, e de repente senti ele dar uma estocada com força, nesse momento sabia que todo aquele cacete estava dentro de mim me abrindo toda, que delicia de rola. Ele entrou em um ritmo frenético e estoucava tudo no meu rainho. Eu escutando suas bolas baterem em minha buceta, fui ficando cada vez mais faminta e doida de tesão, meu padrasto me segurando pela cintura e me dava uns tapinhas de leve na bunda, num me segurei mais e explodi num gozo intenso, maravilhoso apertando mais ainda aquele caralho no meu cuzinho e rebolando frenéticamente uuuuuuuuuuiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii to gozandooooooooooooooo nesse cacete meu macho gostosooooo, aiiiiiiiiii seu vadiooooooooooo aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii você me fez gozar pelo rabooooooooooo seu putooooooooooooo. E ele num resistindo explodiu comigo e gritava aiiii caralho que cu apertado, aiiiii que rabo gostoso uhh vou gozarrrrrrrrr no seu rabo minha putinha uhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh to lavando seu cú em porra minha potranca. Aiiiiiiiiiiiiiiiiii enche meu rabinho com essa porra vaiiiii e eu rebolava e a cada rebolada eu ia sentindo os jatos quentes de porra inundarem meu rabinho, ficava mais enlouquecida de tesão e gozava mais ainda uuuuuiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii que gostosooooooooooo vadio do pau tesudoooooo, aiiii que macho safadooooo e gostosoooo você éeeeeeee. Foi um gozo inexplicável eu cai lânguida no chão e ele caiu do meu lado e falava caralho como gozei gostoso no seu rabo, você é muito tesuda minha potranquinha aiii, como eu te amo minha putinha safada e começou a me beijar gostoso. Ficamos ali jogados no chão um tempo e depois fomos pro banho, mas, isso já é outra história....rssssssss!!!!
 
< Prev   Next >
 
Administradores





Lost Password?
Ultimas noticias
Noticias mais populares
O que voce achou do novo site?
 
 
Contos
Contos
 
cambrasil.net - Todos os direitos reservados